Com a marca de 177,8 contêineres movimentados por hora, realizada durante a operação do navio Hanjin Bostom, nesta última quarta-feira, dia 19, a Portonave bateu recorde de produtividade.

Ao todo, foram realizados 1511 movimentos em apenas 8 horas e 30 minutos de trabalho, com média de 55,9 movimentos por STS (portêiner), no navio do serviço Ipanema, que faz linha da Ásia para o armador MSC - Mediterranea Shipping Company.

Para o diretor-superintendente operacional da Portonave, Renê Duarte, esse recorde é resultado do trabalho pela busca da excelência da Companhia e da competência da equipe. "No ano passado investimos em novos equipamentos, com a aquisição de 3 portêineres e também no treinamento e qualificação de nossas equipes. Conquistas como estas são resultados do trabalho focado e de qualidade que buscamos realizar todos os dias", afirma Duarte.

No ano passado a empresa foi eleita como Operador Portuário do Ano, pelo jornal inglês Lloyd's List, que premiou empresas do mundo inteiro.

Fonte: Economia SC