Terminal pesqueiro ainda sem definição

Normal 0 21 false false false MicrosoftInternetExplorer4

O Terminal Pesqueiro do Recife, que estava previsto para ter suas obras iniciadas desde janeiro passado, ainda não tem local definido para se instalar. Por este motivo, o empreendimento, que custará R$ 20 milhões, deixou de receber, em 2009, R$ 13 milhões e pode perder ainda mais este ano, caso a área para sediá-lo não seja determinada. Para tentar resolver a questão, segundo o secretário Geral de Desenvolvimento da Pesca e Aquicultura, José Claudenor Vermohlen, o ministro da pasta está em negociação com o titular de Agricultura na tentativa de que a área localizada nas proximidades do Cais de Santa Rita, que pertence à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), seja cedida para o empreendimento.
“Já fizemos e aprovamos o estudo de viabilidade econômica, mas precisamos fazer os estudos ambientais para obter as licenças para a construção do terminal e o projeto executivo”, explicou Vermohlen. O terminal terá capacidade para receber 25 mil toneladas de pescados diariamente e atenderá a cerca de 70 mil pessoas que trabalham com pesca no Estado, dos quais 95% são pescadores artesanais. “O empreendimento será responsável por atracar as embarcações, receber o pescado, selecionar o peixe, lavar e fazer o beneficiamento para agregar valor ao produto e, assim, fazer a comercialização para o mercado local, nacional e internacional”, justificou o secretário.

Fonte: Folha de Pernambuco/JAMILLE COELHO

PUBLICIDADE

Portonave


 


Pesa

    AAPA     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios