MSC

Teresópolis receberá Centro de Simulação Aquaviária

Complexo, considerado o mais moderno do mundo, será construído em Prata dos Aredes
Simulação do Centro de Simulação Aquaviária que será construído em Prata dos Aredes
O SINDMAR (Sindicato Nacional dos Oficiais da Marinha Mercante) e a Fundação Homem do Mar acabam de adquirir uma área com cerca de 845.000m², na localidade de Prata dos Aredes, no 3º Distrito, para a instalação em Teresópolis do CSA – Centro de Simulação Aquaviária. O centro de simulação é considerado o mais moderno do mundo, com capacidade tecnológica superior a dos concorridos simuladores dinamarqueses, noruegueses e norte-americanos.
Trata-se de um investimento na ordem de R$ 30 milhões, direcionados para a construção de moderna estrutura de um centro de treinamento específico, destinado à capacitação de profissionais do setor aquaviário e da área de pesquisa e desenvolvimento. Integrando equipamentos de ponta e programas de simulação, o CSA tem capacidade de simular em ambiente virtual toda e qualquer situação no mar.
O complexo do CSA em Teresópolis contará com unidades que representam compartimentos de uma embarcação, com seis passadiços, ponte de comando de embarcação, duas praças de máquinas com consoles reais e mais duas em PC. Nessas estruturas, os marítimos enfrentarão problemas simulados e terão que solucioná-los durante treinamento específico.
Parceria firmada com a Prefeitura de Teresópolis, através da Secretaria de Trabalho e Emprego, garante a contratação de mão-de-obra local para a realização das obras de construção do complexo do CSA, que contará também com estrutura de hotelaria e de gastronomia, para alojar os profissionais durante os cursos de treinamento. “Além de Teresópolis contar com moderníssimo centro de simulação e que, certamente, atrairá visitação do mundo todo, a previsão é que sejam gerados em torno de 300 empregos diretos durante as obras”, comemora o Secretário de Trabalho e Emprego, Marcos Ferreira dos Santos. “Esse empreendimento atende ao anseio do governo de implantar no município um pólo de tecnologia e também à política de geração de emprego. Acredito, inclusive, que o CSA motivará novos investimentos para este segmento”, conclui.
Atualmente, o terreno está na fase de limpeza. “Estamos elaborando um projeto definitivo de construção do Centro de Simulação Aquaviária para dar início às obras até o fim do ano. A previsão de conclusão é de dois anos”, antecipa Jailson Bispo Ferreira, diretor financeiro do SINDMAR e da Fundação Homem do Mar. Ele garante que será utilizada apenas a área descampada para a construção do complexo, sendo preservada toda a mata nativa do entorno. “Essa parceria com a Prefeitura promete ser bastante produtiva, uma vez que nosso interesse é promover o desenvolvimento tecnológico da região, além de colocar Teresópolis no mapa da simulação aquaviária”, finaliza Jailson.

Fonte: O Diário de Teresópolis

    Terlogs     Mampaey     Antaq
             

Tche Digital

 

 

HPP

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios