Temporada 2019/2020 de Cruzeiros terá mais de 530 mil leitos ofertados

Durante o discurso de abertura da 7ª edição do “Um dia de Cruzeiros no RJ”, evento realizado pela Abav RJ e que reuniu, na última quinta-feira (27), mais de 200 agentes, operadores e representantes de armadoras de cruzeiros, o presidente da Clia Brasil, Marco Ferraz, mostrou otimismo com relação à temporada 2019/2020 no Brasil, que receberá oito navios de MSC ("Seaview", "Sinfonia", "Fantasia", "Musica" e "Poesia"), Costa ("Pacifica" e "Fascinosa") e Pullmantur ("Soberano" – fretado pela CVC Corp), trazendo 531.121 leitos divididos por 144 roteiros e 575 escalas.

“O número de leitos para a temporada 2019/20 crescerá 6,3%, além de um maior número de roteiros durante a temporada. Ao todo, teremos que vender mais de 500 mil leitos. Em 2018/19 e 2017/18 já tínhamos crescido 15%, então acumulamos um crescimento de 36,3% nas últimas três temporadas aqui no Brasil”, disse Marco Ferraz. “Na temporada passada, tivemos sete navios na costa brasileira, trazendo um impacto total de R$ 1,7 bilhão para a economia e embarcando 465 mil viajantes. Para a temporada que se aproxima, temos tudo para retomarmos o patamar de 500 mil cruzeiristas, o que não acontecia desde 2007/2008”, completou o presidente da Clia Brasil.

Um dos desafios da temporada brasileira é a criação de roteiros. Em busca de novas oportunidades, a Clia Brasil segue trabalhando em conjunto com diversos órgãos para criar novas escalas na costa brasileira. Marco Ferraz deu diversos exemplos de cidades que podem receber cruzeiros dentro de um futuro de curto a médio prazo.

Publicidade

Catálogo da Indústria Marítima

 

“Temos hoje destinos mais próximos de operar a temporada brasileira, é o caso de Arraial do Cabo-RJ, que teve o porto desembargado há dois meses, e Penha-SC, onde já temos o ponto de fundeio estabelecido”, revelou Marco. “A médio prazo queremos voltar para São Francisco do Sul, que depende de um batimetria, temos projetos para chegar à Ilha do Mel, no Paraná, que já tem até um ponto de fundeio. Paraty-RJ, Vitória-ES, Itaparica-BA, Porto Seguro-BA, Maceió-AL e Aracaju-SE são outros destinos que daremos uma maior atenção já para as próximas temporadas”, completou Marco Ferraz.