Navalshore

Tecon Salvador bate recorde de movimentação em 2021

Destaques foram os segmentos de energia renovável, químicos, pneus, construção civil e frutas

O Tecon Salvador fechou o ano de 2021 com crescimento de 10% na movimentação de cargas. Entre janeiro e dezembro, o terminal de contêineres baiano recebeu 376,4 mil TEUs, o maior volume já movimentado desde o início das atividades da instalação, há mais de duas décadas.

A importação teve destaque em 2021, impulsionada pelo segmento de energia renovável, que cresceu 78% em relação ao ano anterior. Chegaram ao terminal 13 mil TEUs, com equipamentos destinados, principalmente, a projetos de energia solar no interior do Nordeste e no norte de Minas Gerais. As cargas em geral registraram alta de 90%, com o desembarque de 64 mil toneladas de trilhos da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol). Produtos químicos (+40% ) e granéis (+5%), com fertilizantes, foram os outros destaques do período.

PUBLICIDADE

Navalshore


Na exportação, a maior representatividade de cargas ficou por conta dos segmentos de construção civil (+86%), pneus (+ 60%) e sucos e polpas de frutas (+45%). Os volumes de cabotagem apresentaram incremento de 4,1%, passando de 72,9 mil TEUs em 2020 para 76,0 mil TEUs em 2021. Os principais produtos movimentados foram de construção civil (+88%), polímeros diversos (+13%) e químicos (+4%). As operações de transbordo e a remoção cresceram 63,8%, atingindo a marca de 74,4 mil TEUs em 2021.


Pesa

        Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios