Sudic discute melhoria do porto de Ilhéus

Em reunião realizada nesta semana na Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), com a presença do Ministro dos Portos, Pedro Brito, foram discutidos os investimentos para os portos da Bahia visando dinamizar o escoamento da produção.
O presidente da Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (SUDIC), Nilton Cardoso da Cruz, enfatizou a necessidade de se aprofundar as discussões em torno das necessidades do Porto de Ilhéus.
Nilton agradeceu ao Ministro os investimentos na área portuária de Aratu e Salvador com aprofundamento do calado e melhoria dos equipamentos, e ressaltou que o Porto de Ilhéus é um instrumento de extrema importância para o escoamento de produtos.
"Atualmente, as cargas de cacau têm que ir, através de carretas, para os portos de Salvador, e as de celulose são escoadas pelo Espírito Santo. Com a revitalização do Porto de Ilhéus, esse escoamento ficaria muito mais prático e barato".
O presidente destacou que o porto necessita de investimentos em dragagem de aprofundamento do calado dos atuais 10 metros para 14 metros; conclusão das obras na retrovia, aumentando o pátio de estocagem para mercadorias em 100 mil m².
Também requer a instalação de equipamentos modernos, como tambores e shipload, além da construção de novos berços de atracação de navios e moderno terminal de passageiros, atendendo aos navios de turismo.
O presidente da FIEB, José Mascarenhas, afirmou que a Bahia tem pressa em resolver as dificuldades portuárias, devido ao atraso dos últimos anos. Destacou ainda que será possível sanar tais problemas.
Uma das soluções será o Programa Nacional de Dragagem Portuária e Hidroviária, cujo objetivo principal é estimular obras e serviços de engenharia para dragagem dos portos brasileiros. Serão investidos R$ 1,5 bilhão nos 20 portos mais importantes.

Fonte:Jornal A Região

PUBLICIDADE

Navalshore



Pesa

    AAPA     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios