MSC

SSE: Estabilidade regulatória depende de norma sobre abusividade, avalia Logística Brasil

Associação vê evolução a partir do entendimento entre Antaq e Cade, mas aguarda metodologia para conter abusos nas cobranças. Entidade defende que seja estabelecido um preço-teto e que agência reguladora leve em consideração especificidades de cada região portuária.


Registre-se para ler mais...

Priner     Terlogs     Mampaey     AAPA
             

Tche Digital

 

 

Sinaval

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios