Sob controle

VTS traz novo perfil de monitoramento para portos do Sudeste, que projetam ganhos de produtividade e segurança

• A implantação de sistemas de controle de tráfego começou a proporcionar ganhos de produtividade e segurança a importantes portos do Sudeste. Vitória (ES), Santos (SP) parcialmente e Porto do Açu (RJ) relatam ganhos a partir do uso de novos equipamentos e sistemas que permitem desde o monitoramento de embarcações até a formação de bases de dados com informações meteorológicas. Passada fase de padronização de procedimentos e treinamentos, alguns equipamentos ainda precisam ser instalados para ampliar os recursos técnicos. Fornecedores de equipamentos eletrônicos e de softwares torcem por contratações por outros portos. Porém, todo orçamento federal previsto para esses sistemas em portos públicos este ano é de R$ 11,6 milhões, quase metade dos R$ 22 milhões reservados em 2017.

Restrito a assinantes