Setor elétrico pode servir de modelo de desestatização dos portos, diz Tarcísio

O ministro da infraestrutura, Tarcísio Freitas, afirmou, nesta quinta-feira (21), que o governo federal está buscando modelos de exemplos de concessão portuária em outros países, como Reino Unido e Austrália, mas também no próprio modelo do setor elétrico do Brasil. Ele lembrou que neste setor foi feita a concessão do ativo com a venda da companhia, e que o modelo pode ser bastante adequado para o setor portuário. Atualmente, os projetos de desestatização portuária se destinam aos portos da Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa) e do Santos Port Authority (SPA).

Restrito a assinantes