Santos recebe a segunda draga

Chegou na manhã de sábado (06/03) em Santos (SP), a draga "Xin Hai Hu", com capacidade para 13.500 metros cúbicos,  que irá reforçar os trabalhos de dragagem que já vem acontecendo no porto de Santos desde o dia  21 de fevereiro.  A embarcação, uma das maiores do mundo, se encontra atracada no cais do armazém 12 para vistoria por parte da Capitania dos Portos de São Paulo e da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp). A tripulação será treinada para lidar com os aspectos ambientais do empreendimento, para, então, iniciar os trabalhos, a partir do trecho 1 do canal de acesso.

Para o ministro-chefe da Secretaria Especial de Portos (SEP), Pedro Brito, “o aprofundamento do canal de navegação coloca o porto de Santos em um novo patamar de desenvolvimento, fortalecendo-o como um dos principais equipamentos para expandir o comércio exterior brasileiro”.

O presidente da Codesp, José Roberto Serra, explica que o aprofundamento permitirá a agilização da recepção e expedição da carga, aumentando em cerca de 30% a capacidade instalada do porto, tornando-o ainda mais competitivo e apto para receber navios “post panamax”, que possuem 280 metros de comprimento, 42,8 metros de largura, calado de até 13,5 metros e capacidade de transporte para até 70 mil TPB.

Publicidade

Marintec Navalshore

 

Brito ressalta que, com achegada deste equipamento, a obra deverá ser executada antes do tempo previsto. Nessa primeira fase da obra, o porto irá operar coma profundidade de 15 metros. O ministro afirma ainda que o maior porto da América Latina terá, em um futuro próximo, o calado de 17 metros. (da Redação)