Technomar

Santos Brasil: prejuízo de R$ 6 mi no 1º trimestre

 No primeiro trimestre de 2018, a Santos Brasil apresentou prejuízo líquido de R$ 6 milhões. Com a nova metodologia contábil que a companhia passou a adotar para o arrendamento dos terminais portuários, a Demonstração de Resultados sofreu alterações: houve um incremento nas Despesas de Amortização do Intangível, impactando diretamente o Resultado do Exercício. A mudança também alterou o tratamento do arrendamento de operacional (off-balance) para financeiro – ou seja o EBITDA dos terminais portuários deixa de refletir as despesas com arrendamento pagas à autoridade portuária, antes representadas pela rubrica Custos de Arrendamento e Infraestrutura. Para manter a análise comparativa com períodos anteriores, a companhia calculou o EBITDA pró-forma, que equivale ao EBITDA calculado pelo método anterior. No primeiro trimestre de 2018, o EBITDA pró-forma somou R$ 16,6 milhões, com margem de 7,8%.  O “EBITDA pró-forma” recorrente do primeiro trimestre de 2018 foi de R$ 22,9 milhões, com margem de 10,7%.

Restrito a assinantes

Cash Computadores

Assine Portos e Navios

Pesa

Syndarma

OTC Brasil

Tche Digital

Assine Portos e Navios

Aapa

ABTP

Sobena

Sinaval Abratec