MSC

RS e Holanda fortalecem parceria hidroportuária

O secretário de Infraestrutura e Logística, Daniel Andrade, representando a governadora Yeda Crusius, junto com o superintendente do Porto do Rio Grande, Jayme Ramis, recebeu o ministro dos Transportes, Obras Públicas e Manejo de Água da Holanda, Camiel Eurlings, na última quarta-feira, no estande do porto rio-grandino na feira Intermodal South America, em São Paulo. O encontro permitiu que eles avaliassem acordo firmado em 2008, entre o Rio Grande do Sul e a Holanda, para desenvolvimento do sistema hidroviário gaúcho. Conforme o secretário, “o governo gaúcho demonstra que o Estado aposta neste tipo de modal, o que comprova que a decisão de firmar termo de cooperação técnica com a Holanda foi correta, vai desafogar rodovias e tornar o Rio Grande do Sul mais competitivo no mercado internacional".
O ministro holandês apontou a ação pioneira do governo gaúcho. "A partir da parceria pioneira estabelecida com o Rio Grande do Sul, a União solicitou à Holanda para desenvolver ‘master plan’ (plano diretor) para todo o sistema hidroviário brasileiro, segundo o modelo gaúcho." Ele revelou também que o Pará firmou contrato com aquele país, com objetivo de melhorar o sistema de navegação interna, de forma semelhante ao modelo gaúcho. "Estou orgulhoso de ter feito acordo com o Brasil através do Rio Grande do Sul", salientou Eurlings.
O acordo entre o Estado e a Holanda é resultado da visita de missão gaúcha ao país europeu, em novembro de 2007, e de negociação verbal em maio de 2008. O termo, assinado em Haia, cria condições de aproveitamento eficiente de vias fluviais gaúchas. Como consequência do acordo, os consultores Wim Ruigh, presidente da Associação dos Portos de Amsterdã (Amports), e Harrie de Leijer, diretor de projetos do NEA Transport (instituto holandês de pesquisas internacionais na área de transportes) desenvolveram plano diretor com conclusões e recomendações a serem implementadas no sistema hidroportuário gaúcho. A partir disso, o Estado criou a Força-Tarefa Intermodal, presidida pela governadora, com objetivo de aumentar a potencialidade do transporte fluvial, baseado na experiência holandesa, considerada a melhor do mundo em navegação interior.
O Rio Grande do Sul apresenta na feira Intermodal novidades implementadas no Porto do Rio Grande. Entre as ações que se destacam está integração, de forma pioneira no país, do Sistema Porto (informatizado) ao Siscomex Carga (Siscarga) da Receita Federal. O Cais Virtual, mostra em tempo real, localização e programação de navios, com oferta de diversidade de informações ao público através da internet. Ainda na feira, a autarquia lançou novo site. Em infraestrutura, são detalhadas obras de aprofundamento do calado de 14 para 18 metros e de prolongamento dos Molhes da Barra e modernização de 1.125 metros do cais do Porto Novo.
A Intermodal conta com 490 expositores, 45 mil visitantes e uma área de 28 mil m² no Transamérica Expo Center.

Fonte: Jornal de Rio Grande (RS)

    Terlogs     Mampaey     Antaq
             

Tche Digital

 

 

HPP

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios
             
             

Canal da Portos e Navios no Telegram

Allonda

Cash Computadores

Bombando

Error: No articles to display