Navalshore

Revisão constante

Explosão no Porto de Beirute intensifica debate sobre revisão de norma de movimentação de cargas perigosas

O Brasil intensificou o debate em torno das normas de segurança para movimentação de cargas perigosas nos terminais portuários nacionais. O tema já vinha sendo discutido pelos órgãos reguladores e ganhou destaque após a explosão no Porto de Beirute, no Líbano. A tragédia, que ocorreu no dia 4 de agosto do ano passado, provocou a morte de, pelo menos, 175 pessoas, e deixou milhares de feridos na capital libanesa. Após o acidente em Beirute, a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) abriu a consulta pública para a revisão da resolução 2239/2011, que trata do tema e que, até o fechamento, estava em fase de avaliação das contribuições recebidas.

Registre-se para ler mais...

    Terlogs     Mampaey     Antaq
             

Tche Digital

 

 

HPP

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios