Navalshore 2024

Presença maior da China deve favorecer malha portuária no norte do Brasil, dizem empresários

A ampliação do espaço da China na economia do Brasil deve acelerar a expansão da malha portuária no norte do Brasil, afirmaram empresários do setor nesta quarta (23), no Congresso Consad de Gestão Pública, em Brasília.

O evento, promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração, tem como um de seus apoiadores a Folha e começou nesta terça-feira (22). Com mesas sobre o protagonismo feminino e os desafios de empreender no setor público, vai até esta quinta-feira (24).

O debate sobre o PNL (Plano Nacional de Logística) foi mediado pela repórter especial da Folha Alexa Salomão e contou com Camillo Fraga, diretor do Grupo Houer, e Arthur Lima, diretor-presidente da EPL (Empresa de Planejamento e Logística).

PUBLICIDADE


Na mesa, os empresários falaram sobre projetos que têm liderado. Lima, por exemplo, espera fechar um contrato com o porto de Santana, porto público no Amapá. Fraga destacou a modelagem de uma rodovia para o estado do Pará, a PA-150.

"Reduzir custo de transporte impacta a vida de todo mundo", diz Fraga, e o modelo de concessões pode ser usado também em serviços sociais –como uma maternidade que a empresa tem em seu portfólio.

"As concessões vieram para ficar", diz Lima.
Fonte: Folha SP



Praticagem

   ATP    GHT    Oceanpact
       

Hidroclean

 

 

Países Baixos

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira