Great Ocean

Portonave - Importações ultrapassam exportações

Pela primeira vez em dois anos de operação, a Portonave S/A Terminais Portuários de Navegantes recebeu mais produtos vindos de fora do país do que exportou. A diferença de 462 contêineres alcançada em novembro é reflexo da baixa do dólar e das encomendas natalinas de fim de ano. As cargas vindas do exterior representaram 25% dos 27.992 contêineres movimentados em novembro, segunda melhor movimentação da história do terminal.
O aumento das importações é constante desde o fim do ano passado e teve o seu pico em outubro último, quando chegou a 7.568 contêineres, 544 a mais do que em novembro. “O destaque deste ano são os produtos vindos da China, que estão quase alcançando os Estados Unidos, até então o primeiro lugar na lista de países importadores na Portonave”, afirma Renê Duarte, diretor-superintendente operacional da empresa. Com relação às importações do mesmo período do ano passado, o aumento em novembro foi de 143%.
Mas o crescimento mais significativo foi o das cargas refrigeradas, com 170% em relação a novembro de 2008. Osmari de Castilho Ribas, diretor-superintendente administrativo da Portonave, ressalta que os contêineres reefers representam cerca de 50% da movimentação da Portonave.
As exportações também registraram alta frente ao mesmo período do ano passado, os números indicam crescimento de 31%.





Dragabras

Allonda

Catálogo da Indústria Marítima

Priner fundo transp Terlogs
  Mampaey     Assine Portos e Navios

  Catálogo da Indústria Marítima

 

 

  Antaq

 

Tche Digital

 

 

 

Sinaval   Abratec

Bombando

Error: No articles to display