AdvertisementAGI Brasil

Porto do Açu movimenta fertilizantes pela primeira vez no Rio de Janeiro

Terminal Multicargas movimentou 25 mil toneladas de cloreto de potássio pela primeira vez

O Porto do Açu colocou o Rio de Janeiro no mapa do mercado de fertilizantes no Brasil. O estado era o único da costa nacional do Rio Grande do Sul até a Bahia que ainda não realizava este tipo de movimentação em navios granel. A primeira movimentação foi realizada via Terminal Multicargas (T-MULT) e importou 25 mil toneladas de cloreto de potássio (KCL) para o interior do estado de Minas Gerais.

Com origem em São Petersburgo, na Rússia, o navio "MV Palekh" aportou no Açu em 23 de setembro. No primeiro ano de contrato, a expectativa é que 150 mil toneladas de fertilizantes sejam escoadas por este terminal. O Brasil importa cerca de 80% dos fertilizantes que consome localmente.

Este projeto é considerado o embrião para a fase de industrialização do Porto do Açu no setor petroquímico, que será consolidada com a atração de indústrias.


Catálogo da Indústria Marítima



Marintec Navalshore