Porto de Xangai é o mais bem conectado do mundo em 2019, diz UNCTAD

O porto de Shanghai, na China, é o mais bem conectado do mundo em 2019, mostrou ranking da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD).

O terminal chinês ganhou uma pontuação da conectividade de 134 pontos, seguido pelos de Cingapura (124,63 pontos), Busan (114,45 pontos), na Coreia do Sul e Ningbo (114,35 pontos), também na China.

"O desempenho de um porto de contêineres é um fator crítico que pode determinar os custos de transporte e, por extensão, a competitividade comercial", disse a diretora de tecnologia e logística da UNCTAD, Shamika N. Sirimanne, em comunicado na quarta-feira.

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

Portos de contêineres eficientes e bem conectados, possibilitados por serviços de transporte marítimo frequentes e diretos, são vitais para minimizar os custos comerciais e fomentar o desenvolvimento sustentável, informou ela.

Além dos asiáticos, outros portos da lista são os de Antuérpia (94 pontos), na Bélgica, e Roterdã (93 pontos), na Holanda.

Os investimentos por companhias marítimas podem atrair serviços adicionais, e o Pireus (Grécia), operado pela chinesa COSCO, por exemplo, tornou-se o porto mais bem conectado no Mediterrâneo em 2019, assinalou o documento.

Nenhum dos portos nos primeiros 20 da lista é da África, América Latina, América do Norte ou Australásia.

Segundo o comunicado, na África, tanto a geografia quanto as reformas portuárias emergiram como fatores críticos. Os países mais bem conectados na África são aqueles em suas extremidades - Marrocos (noroeste), Egito (nordeste) e a África do Sul (sul).

O índice, que mede a conectividade de transporte marítimo, escalas em portos e prazo de entrega nos portos de contêineres do mundo, é estabelecido em 100 para o porto mais bem conectado em 2006, que foi Hong Kong, na China.

O conjunto de dados do Índice de Conectividade de Transporte Marítimo de portos da UNCTAD permite que empresas e governos determinem tendências de transporte marítimo e as posições de seus portos comparados com outros. Atualmente, fornece dados em mais de 900 portos.

Esses mais recentes conjuntos de dados complementam outras estatísticas e indicadores marítimos fornecidos pela UNCTAD para medir a realização das Metas de Desenvolvimento Sustentável.

Fonte: Xinhua

Comentários

 

 

Reportagens da edição 702

Presença a bordo

08 Jul 2019 18:07 Navegação

Empresas pedem manutenção das vagas na formação para não faltar marítimos. Sindicato cobra equilíbrio entre oferta e demanda • O mercado de navegação no Brasil apresenta oferta de marítimos superior à...

Legal Seminar

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Considerado o mais importante mercado “offshore” fora do Mar do Norte, o Brasil também atraiu a atenção de armadores noruegueses em evento paralelo • A primeira apresentação deu uma visão das...

Mercado de gás

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

As oportunidades no setor de gás no Brasil também foram debatidas no evento.  A superintendente de Oléo e Gás do estado do Rio de Janeiro, Cristina Pinho, deu um quadro...

Brasil na Nor-Shipping

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Pela terceira vez o Brasil promove um seminário durante o evento • Se neste ano o clima do evento em geral já era mais leve que nas edições anteriores, no caso...

Cash Computadores

Assine Portos e Navios

Pesa

Tche Digital

Seminário de Metanol

Aapa

ABTP

Sobena

Sinaval Abratec