Porto de Santos terá obras de dragagem concluídas em 2011

SÃO PAULO - O início das obras de dragagem para aprofundamento do Porto de Santos será no dia 15 de fevereiro, e sua conclusão está prevista para 22 de março de 2011. A informação foi dada pelo ministro Pedro Brito da Secretária Especial dos Portos (SEP). "Mais do que isso, não. Talvez a ela saia até antes", comentou. A obra irá ampliar o aprofundamento de 13 para 15 metros, permitirá a atracação de navios de até 9 mil Teus. Atualmente, a maior classe de conteineiro que frequenta o complexo tem capacidade nominal para 5.500 Teus.
No Programa Nacional de Dragagem (PND), constam 17 complexos portuários, que segundo a SEP deveriam ser dragados até dezembro deste ano, mas isso não deve acontecer, como no Porto de Santos, por exemplo, que teve o seu processo de dragagem atrasado.
O subsecretário de Planejamento e Desenvolvimento Portuário da SEP, Fabrizio Pierdomenico, em entrevista ao DCI, informou que as obras em Recife (PE) já terminaram e que as outras 15, incluindo a segunda em Santos serão finalizadas em 2011. "Iremos concluir o último porto em agosto de 2011, em Santa Catarina. Não acredito em novos atrasos. Aliás, podemos até antecipar algumas obras, dependendo do maquinário", comentou ele.
No caso de Santos, Pierdomenico afirmou que o processo atrasou porque a liberação orçamentária ao gerenciamento ambiental saiu só em dezembro, um mês depois da emissão da licença de instalação do Ibama. Sem a aprovação, a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) não poderia contratar os planos básicos ambientais da obra e a batimetria, essencial para identificar a profundidade da via navegável.
A obra para a dragagem ampliará em 30% a capacidade operacional do porto, que hoje é de aproximadamente 110 milhões de toneladas por ano, e responsável por escoar 26% da balança comercial brasileira. Além disso, a Secretaria dos Portos crê que a primeira consequência do aprofundamento de Santos seja redução do frete marítimo para o embarcador, pois o custo unitário da carga cairá em razão do ganho de escala.
Plano
Em agosto de 2011, quando o Plano Nacional de Dragagem for concluído, o potencial de movimentação nos principais portos do Brasil aumentará para 30%, e como o programa somente contemplará 17 dos 34 portos públicos a capacidade do País ultrapassará 1 bilhão de toneladas ano que vem.
Para atrair mais cargas, a SEP está elaborando o Plano Nacional de Logística Portuária, a ser lançado no próximo mês. "A lógica mudou. Com esse plano o governo oferecerá antes a infraestrutura, que fomentará a demanda", avaliou o subsecretário. "Ao melhorar a capacidade portuária estamos diminuindo o custo, melhorando a competição. Estamos preocupados em ofertar capacidade para que o porto não seja um gargalo para o País."
As obras de dragagem do Porto de Santos terão início no dia 15 de fevereiro deste ano, mas sua entrega está prevista para março de 2011. Além dessas obras, a Secretaria Especial de Portos (SEP) informou que mais 15 unidades passarão este ano por obras, de um total de 17 portos. A SEP lançará no próximo mês o Plano Nacional de Logística Portuária (PNLP), já pensando em atrair mais cargas para a esses portos. "Ofertaremos capacidade para que o porto não seja um gargalo ao País", comentou Fabrizio Pierdomenico, da SEP.(Fonte: DCI/Daniel Popov)

    Terlogs     Mampaey     Antaq
             

Tche Digital

 

 

HPP

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios