Porto de Santos movimenta 6,2 milhões de toneladas e bate recorde

SÃO PAULO - O Porto de Santos movimentou, em fevereiro deste ano, aproximadamente 6,2 milhões de toneladas, considerado pelo porto novo recorde para o mês, isso representa um aumento de 19,8% ante ao ano de 2009, quando foram movimentados 5,2 milhões de toneladas.
As exportações somaram 4,1 milhões de toneladas, o melhor desempenho registrado em meses de fevereiro até hoje, representando um aumento de 9,8%, se comparado ao mesmo período no ano passado. Contribuíram para esse resultado os embarques de peletes de soja (475,7%), soja em grão (91,7%), óleos de origem vegetal (76,2%), óleo diesel e gasóleo (46,7%), além do álcool (21,7%).
As importações obtiveram um crescimento de 46,7%, totalizando 2,0 milhões de toneladas, ante o 1,4 milhão de 2009. Os destaques foram gás liquefeito de petróleo (135,1%), carvão (30,8%), soda cáustica (15,7%), adubo (0,9% e amônia (0,5%).
O movimento acumulado entre janeiro e fevereiro superou a marca de 12 milhões de toneladas, um aumento de 20,5% em relação ao registrado no mesmo período do ano passado, que atingiu 10,2 milhões de toneladas . A melhor marca anterior no período pertencia a 2007: 11,7 milhões toneladas.
Os embarques e descargas de veículos cresceram 108,2% no primeiro bimestre, totalizando 50.729 unidades. Segundo a Associação Nacional de Veículos Automotores (Anfavea), o Brasil exportou 106.265 veículos no primeiro bimestre. Santos respondeu por quase 39,0% (41.134 unidades) desse total.
E o movimento de contêineres movimentados nesse período foi de 354.699 TEU (twenty-foot equivalent unit, de medida de contêineres de vinte pés), 10,1% acima do mesmo período de 2009.
Fiscalização
A Guarda Portuária da Companhia das Docas do Estado de São Paulo (Codesp) coordenou ontem (5), uma operação de fiscalização do transporte de passageiros na área do Porto de Santos para reprimir o tráfego irregular de veículos nessa atividade e também a ação de "flanelinhas", em função da forte demanda provocada pelo trânsito de passageiros dos navios de cruzeiros atracados no cais santista.

Fonte: DCI/Daniel Popov / Agências

    Terlogs     Mampaey     Antaq
             

Tche Digital

 

 

HPP

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios