Porto de Rio Grande está preparado para escoar a supersafra de grãos

O Porto do Rio Grande está preparado para o escoamento da supersafra de grãos, anunciada na quinta-feira passada pelo governo do Estado. A afirmativa é do superintendente do Porto rio-grandino, Jayme Ramis. "Hoje, estamos num momento histórico do porto rio-grandino. Ampliamos o calado do canal de acesso para 42 pés e, assim, aumentamos a capacidade de embarque em 15% por navio. O porto atualmente tem capacidade para escoar toda a safra gaúcha de grãos", destacou.
Conforme divulgado pelo governo do Estado, o Rio Grande do Sul bateu um recorde em sua história da colheita de grãos, alcançando 24,373 milhões de toneladas no volume final da safra 2009/2010. Em torno de 10 a 12 milhões de toneladas podem passar pelo Porto do Rio Grande para serem exportadas. Jayme Ramis diz que só o terminal da Bianchini tem condições de armazenar um milhão de toneladas. No total, o porto rio-grandino tem capacidade de armazenagem estática de 1,6 milhão de toneladas.
Supersafra
De acordo com os números apresentados pela Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Agronegócio em relação aos 22,578 milhões de toneladas colhidas na safra 2008/2009, o desempenho atual da produção primária é 7,4% superior. Dos principais grãos produzidos no RS, a soja atingiu o maior volume individual: cerca de 10 milhões de toneladas, segundo o secretário Gilmar Tietböhl. "A safra 2009/2010 é gratificante para o governo do Estado, que foi parceiro e fornecedor de suporte ao produtor", afirmou o secretário.
Na safra do milho, por exemplo, o governo contribuiu com a oferta de 40% das sementes por meio do programa Troca-Troca. Já a Emater/RS participou com a assistência técnica junto ao agricultor. Para Tietböhl, a presença do governo foi mais ampla. Chegou à área tributária pelo caminho dos incentivos concedidos - reduções de alíquotas.
"Assim, a produção se elevou e qualificou. O resultado tem muito a ver com o Rio Grande do Sul. A economia só tem motivos para festejar. É uma vitória da produção e do agronegócio gaúcho, mas é uma vitória também do governo do Estado", disse. No ano passado, lembrou o secretário, houve problemas climáticos sérios. "Mesmo assim, estamos colhendo uma supersafra, mostrando a grande capacidade do meio rural de se reerguer após adversidades", concluiu Tietböhl.

Fonte: Jornal Agora/Rio Grande,RS/Carmem Ziebell/Assessoria


Marintec Navalshore