Marintec Navalshore

Porto de Itajaí implanta sistema de monitoramento meteorológico para o tráfego aquaviário

A entrega do novo berço de atracação (berço 4), em 17 de junho, coincide com o início das operações de um moderno sistema de monitoramento meteorológico e oceanográfico do canal de acesso aos Portos de Itajaí e Navegantes.

A empresa Acquaplan Tecnologia e Consultoria Ambiental LTDA, que lidera o consórcio Acquaplan-Sináutica-RioInterport-AJM, é responsável pela implantação do sistema de oceanografia operacional denominado SIMPORT, que já opera com sucesso na Baía da Babitonga, Porto de Imbituba, em Santa Catarina, no Terminal Portuário de Paranaguá (TCP), no Paraná, e no Complexo do Porto-Açu, em São João da Barra, no Rio de Janeiro.

O sistema monitora e informa os usuários em tempo real sobre as condições meteorológicas e oceanográficas que implicam nas variações do mar (ondas, correntes e nível da água) e afetam diretamente a entrada e saída de navios ao complexo.

Publicidade

Catálogo da Indústria Marítima

 

“Monitorar essas variações tem importância fundamental no planejamento e na execução das manobras portuárias (atracação, desatracação e navegabilidade), auxiliando a praticagem local na navegação e manobras de navios”, destaca o representante legal do consórcio e sócio da empresa Acquaplan, oceanógrafo Emilio Dolichney.

De acordo com Emilio, o sistema contará com dados complementares obtidos através de modelagens numéricas sistemáticas operando 24 horas, as quais permitirão a previsão antecipada de informações meteoceanográficas, antecedendo ocorrências climáticas e oceanográficas capazes de afetar o andamento rotineiro das operações portuárias.

Os equipamentos do SIMPORT consistem de medidores das velocidades e direções das correntes por efeito Doppler (ADCP), ondógrafo que mede a altura a direção e o período de ondas, um marégrafo que registra em tempo real a variação da maré e três estações meteorológicas monitorando as condições de vento, temperatura e precipitação no Complexo Portuário de Itajaí.

“Com a implantação desse sistema, certamente o Porto de Itajaí e seu Complexo num todo, terão mais condições de segurança de navegação. Sabemos que quando nos deparamos com condições climáticas adversas, impossibilitando a entrada de navios, o prejuízo pode ser imenso resultando em índices baixos de economia e o município só perde com esta situação ”, comentou o Prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni.

De forma geral, as execuções destes serviços irão garantir segurança e qualidade de navegação, pois todos os materiais a serem utilizados atendem as normas da Marinha do Brasil e da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

O contrato abrange também toda a operação e manutenção deste pacote de serviços em um período de 5 anos, sendo o investimento orçado em 5,9 milhões de reais. Todo o sistema opera com interface web e em aplicativos para smartphones e tablets, ou seja, com transmissão de dados em tempo real.

Para André Pimentel, Diretor Técnico da Superintendência do Porto de Itajaí, o sistema fazia parte de um plano antigo, cujo amadurecimento desenvolveu-se ao longo dos anos culminando num sistema bastante completo e amplo, contribuindo com a segurança da navegação no canal de acesso:

“Se antigamente não tínhamos como viabilizá-lo por vários fatores, a realidade hoje é outra e muito melhor. Desde junho estamos operando e mantendo o sistema. Registra-se que, em conjunto com os serviços de Praticagem, estamos em fase de calibração técnica por um período de até 90 dias. A eficiência e qualidade dos equipamentos transmitem excelentes dados náuticos em tempo real, e, paralelo a isso, contribui com o planejamento da entrada e saída das embarcações ao qual está sendo implantada a nova sinalização náutica do novo acesso aquaviário do porto, conforme projeto de engenharia desenvolvido pela própria Diretoria Técnica, devendo ficar totalmente pronto em agosto”, destacou.

Atualmente o Porto de Itajaí movimenta mais de 25 mil contêineres por mês e é o segundo maior movimentador de contêineres do Brasil. Ainda no Brasil, é o primeiro porto na movimentação de congelados e de acordo com dados estatísticos da FIESC – Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina, movimenta 5% da balança comercial do Brasil e mais de 70% da balança comercial de Santa Catarina.

Para o Superintendente do Porto de Itajaí, Fábio da Veiga, ter uma sinalização náutica eficiente é mais uma ação estruturante da Autoridade Portuária, cuja finalidade garantirá a segurança de tráfego de embarcações aliados ao desempenho de suas operações:

“Através de seu Complexo, o Porto de Itajaí, é considerado o porto de maior representatividade no Estado de Santa Catarina. Para dar sequência aos bons números que estamos conquistando mensalmente, entre tantas outras ações que alavancam nossa economia, primordial também é a implantação de um sistema de navegação de última geração, sendo um dos melhores do país para o tráfego de embarcações. Em nosso complexo portuário, este novo sistema atuará de forma preventiva e acima de tudo, antecipará quaisquer tipos de problemas que possam surgir durante a movimentação de navios”, finaliza.

De acordo com o setor de Licitações da Superintendência do Porto de Itajaí, o Edital com todas as especificações técnicas para implantação, operação e manutenção da nova sinalização náutica e do sistema de monitoramento dos parâmetros de navegação do acesso aquaviário do Porto de Itajaí foi publicado em dezembro de 2018 e finalizado e homologado em janeiro de 2019.

Entre os serviços que compreendem o edital estão: construção, demolição e alteamento de faroletes, aquisição, instalação e reposicionamento de bóias flutuantes e seus devidos acessórios, instalação de lanternas de sinalização, instalação de marégrafo (equipamento que mede a variação de marés), estação meteorológica, serviços mensais para operação e manutenção da nova sinalização náutica, material sobressalente, inspeções periódicas (diurna e noturna), entre outros.

Marintec Navalshore

Assine Portos e Navios

Consórcio Águas Azuis fundo transp Syndarma
  Abac    

  Assine Portos e Navios

 

 

  Antaq

 

Tche Digital

 

 

Sobena

 

Sinaval   Abratec
Publicidade

Catálogo da Indústria Marítima