O Porto de Imbituba ultrapassou em dezembro a marca de cinco milhões de toneladas movimentadas em 2018. O volume representa recorde histórico anual para o complexo portuário, que já registrava crescimento de 18% no acumulado de janeiro a novembro, se comparado ao mesmo período de 2017. Além disso, o porto celebra a conclusão de 2018 com três recordes operacionais mensais, em junho, agosto e setembro; e a expansão do portfólio de cargas.

Ao todo, 277 navios já passaram pelo porto este ano. Estados Unidos (EUA), Chile, China e Argentina são as principais origens das cargas de importação. Na exportação, China, EUA, Holanda e Rússia estão entre os destinos mais frequentes. As operações de coque, soja, contêineres e sal mantiveram a liderança das principais cargas que passaram por Imbituba. Entre elas, o crescimento mais expressivo foi na movimentação de sal (+47%) e, principalmente, de contêineres, que apresenta aumento de 81% no número de TEU (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés), ultrapassando os 75 mil TEU – volume histórico para o terminal. Os valores têm como base o acumulado de janeiro a novembro, comparado ao mesmo período de 2017.

Atendendo sua capacidade multipropósito, o Porto de Imbituba também ampliou seu portfólio de cargas em 2018. Pela 1ª vez a agroindústria de Santa Catarina exportou o arroz em casca a granel a partir dos portos do estado. A exportação inédita no Brasil de madeira de reflorestamento em navio break bulk também ocorreu a partir de Imbituba. Ainda, voltou a ser movimentado no complexo portuário o gado vivo (livestock), com o envio de três navios com destino à Turquia.

 

Com os bons resultados que o porto tem alcançado, o diretor-presidente da SCPar Porto de Imbituba, estatal catarinense que administra o porto, Osny Souza Filho, prospecta um cenário positivo para 2019. “Nossa perspectiva é dar continuidade ao trabalho estratégico que tem sido feito para atrair novas cargas e novas linhas, com a constante modernização da infraestrutura portuária, cumprindo nossa missão como agente de desenvolvimento de Santa Catarina, em especial do sul do estado, para que o próximo ano seja ainda melhor”, destaca o gestor.

Comentários


Schottel

Assine Portos e Navios



Syndarma

ABTP

Abac

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

Abeam

Sobena

Fenavega Abratec