Brasmero

Obra para modernizar porto de Rio Grande deve começar em junho

Meta é ampliar capacidade de estrutura, e investimento previsto é de R$ 113,8 milhões

A segunda etapa de modernização do Porto de Rio Grande deve ter início em junho. O edital foi publicado ontem.

Financiada pelo Programa de Aceleração do Crescimento, a obra no Porto Novo custará R$ 113,8 milhões. A primeira etapa dos trabalhos foi realizada há dois anos: revitalizou 450 metros de cais ao custo de R$ 35 milhões. Nesta segunda, serão reconstruídos mais 1.125 metros, chegando ao total de 1.575.

A modernização deve levar 18 meses. Além da revitalização do cais, entram investimentos como a ampliação dos molhes da barra e dragagem de aprofundamento do canal.

– Atualmente, movimentamos 25 milhões de toneladas de mercadorias. Ao final desse conjunto de obras, poderemos dobrar a quantidade – destaca Jayme Ramis, superintendente do Porto de Rio Grande.

A sessão pública para que as empresas de engenharia interessadas no serviço entreguem a documentação e a proposta de preço será realizada em 26 de abril, na Secretaria Especial de Portos da Presidência da República (SEP/PR), em Brasília.

Além da reconstrução do cais, o projeto elaborado pelo consórcio JD & EVB (JD Engenharia e Arquitetura Ltda e EVB Projetos Estruturais Ltda), prevê uma nova plataforma portuária, anexa ao cais, que avançará a estrutura 11,2 metros para dentro do canal marítimo e permitirá o aprofundamento do calado de 31 para 40 pés (de nove para cerca 12 metros).

A maior profundidade permitirá a atracação de navios de até 75 mil toneladas na área do Porto Novo – hoje, essas embarcações só chegam ao Superporto, área de terminais privados.

(fonte: ZERO HORA)


Pesa

    AAPA     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios