Obra da bacia de evolução dos Portos de Itajaí e Navegantes termina sem atingir tamanho esperado

A bacia de evolução dos portos de Itajaí e Navegantes ficou pronta sem entregar a largura e profundidade esperada pelos administradores, o que permitiria a entrada de navios maiores. Por isso, só no Porto de Navegantes, 20 navios tiveram que ser redirecionados neste ano, com um prejuízo de cerca de R$ 24 milhões para a economia local.

A expectativa era receber navios com 336 metros de largura, como os ocorre nos maiores portos do país. Desde julho de 2016 os portos esperavam a conclusão das obras, que foram concluídas quase 3 anos depois.

O contrato daquela época previa um volume de material a ser retirado do fundo do rio na obra. Quando esse volume foi atingido, a empresa considerou os trabalhos encerrados. No entanto, a quantidade de detritos aumentou ao longo dos anos e prejudicou o tamanho final da bacia.

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

Para o governo do estado, não há nenhuma irregularidade no contrato e na entrega.

Investimento e prejuízo

O governo do estado investiu R$ 125 milhões na obra. Cálculos preliminares apontam que devem ser investidos mais R$ 50 milhões para a expansão no tamanho necessário, sob responsabilidade do Porto de Itajaí.

O diretor-superintendente da Portonave, Osmari Castilho Ribas, calcula que cada a contêiner movimenta cerca de R$ 1,2 mil na economia da região, por isso os R$ 24 milhões de prejuízo com os 20 navios.

"É uma linha que nós temos atualmente de Ásia ela traz o convencional bastante importação, importante pra nossa região, e nós temos perdido essas atracações pela nossa ausência de área de manobra", diz Ribas.

Fonte: G1

Comentários

 

 

Reportagens da edição 702

Presença a bordo

08 Jul 2019 18:07 Navegação

Empresas pedem manutenção das vagas na formação para não faltar marítimos. Sindicato cobra equilíbrio entre oferta e demanda • O mercado de navegação no Brasil apresenta oferta de marítimos superior à...

Legal Seminar

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Considerado o mais importante mercado “offshore” fora do Mar do Norte, o Brasil também atraiu a atenção de armadores noruegueses em evento paralelo • A primeira apresentação deu uma visão das...

Mercado de gás

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

As oportunidades no setor de gás no Brasil também foram debatidas no evento.  A superintendente de Oléo e Gás do estado do Rio de Janeiro, Cristina Pinho, deu um quadro...

Brasil na Nor-Shipping

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Pela terceira vez o Brasil promove um seminário durante o evento • Se neste ano o clima do evento em geral já era mais leve que nas edições anteriores, no caso...

Leia mais reportagens da edição impressa

Cash Computadores

Kincaid

Consórcio Águas Azuis

Container Institute

Envie uma pauta

Tche Digital

Assine Portos e Navios

Aapa

ABTP

Sobena

Fenavega Abratec