Bimco

Porto de Imbituba vence o Prêmio Portos e Navios de Responsabilidade Socioambiental

O Porto de Imbituba é o vencedor do Prêmio Portos e Navios de Responsabilidade Socioambiental, com o projeto "Mar de Letras". A Prumo Logística, que administra o Porto do Açu, e o Porto Itapóá receberam Menção Honrosa, com os projetos "Tartarugas Marinhas no Porto do Açu" e "Itapoá Sempre Verde", respectivamente.

O projeto do Porto de Imbituba foi desenvolvido em comemoração aos 10 anos do Programa de Monitoramento das Baleias-francas no Porto de Imbituba por iniciativa da SCPar, autoridade do Porto de Imbituba. Foi lançado em março de 2018, em parceria com a Escola Básica Municipal Deputado Joaquim Ramos, de Imbituba (SC) e a empresa Acquaplan Tecnologia e Consultoria Ambiental.

Um dos três finalistas do total de dez projetos inscritos, o "Mar de Letras" recebeu a pontuação mais alta entre os participantes do Ecobrasil, que este ano reuniu 115 participantes, entre gestores ambientais, autoridades públicas e profissionais especializados.

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

O objetivo principal do projeto da SCPar foi produzir um livro infantil ilustrado relacionando informações sobre a baleia-franca, o Porto de Imbituba e aspectos socioambientais locais, a partir da capacitação de um grupo de estudantes.

A iniciativa tinha o desafio levar às crianças e adolescentes da comunidade local informações ambientais de forma divertida, capazes de inspirar atitudes em favor da conservação da vida marinha, em especial as baleias-francas, que entre julho e novembro buscam a costa catarinense, sobretudo a região de Imbituba, para acasalar, procriar e amamentar seus filhotes.

Ao longo de três meses, 11 crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos, do 5º ao 9º ano, foram sensibilizadas através do curso Educação Ambiental e Conservação da Biodiversidade Marinha. O grupo participou de atividades semanais, no contraturno escolar.

Ao todo foram ministradas 24 horas/aula, com atividades teóricas e práticas sobre as baleias-francas, demais cetáceos da região, ecossistemas costeiros, biodiversidade regional, histórico, atuação ambiental e funcionamento do porto. O cronograma incluiu uma expedição ecológica, uma visita ao Projeto Baleia-Franca/Instituto Australis, ao Porto de Imbituba e ao Museu das Conchas.

Ao final do curso, os estudantes participaram de dinâmicas para liberar a criatividade, construindo histórias para multiplicar as informações que haviam recebido. Divididos em equipes, os adolescentes escreveram três narrativas: A Baleia Que Pensava Ser Um Golfinho; A Grande Tempestade e Duas Baleias e Um Amor. Uma delas foi selecionada para compor um livro infantil, através de uma comissão julgadora constituída de funcionários da área de comunicação e meio ambiente do Porto de Imbituba e de colaboradores de demais parceiros do projeto. 

A comissão de avaliação elegeu a narrativa “A Grande Tempestade” para ser transformada em livro. 

A segunda etapa do projeto consistiu na produção das ilustrações do livro, a partir de uma Mostra de Desenho com os alunos da escola, do 3º ao 9º ano. 

Após o lançamento do livro “A Grande Tempestade”, em novembro de 2018, o Projeto Mar de Letras entrou na etapa de difusão. Os exemplares na versão em português foram doados às instituições de ensino fundamental e médio, biblioteca de Imbituba, e vêm sendo entregues às crianças recebidas no Programa Porto de Portas Abertas. A versão em inglês será distribuída durante a temporada da baleia-franca aos comandantes e tripulações das embarcações que acessam o Porto. 

O total investido no projeto foi de R$ 33,6 mil para pagamento dos recursos humanos, despesas com diagramação, revisão e impressão do livro.

Para execução do projeto, foram mobilizados oiti colaboradores e 150 voluntários, entre estudantes do 3º ao 9º ano e professores.

Todas as três histórias infantis produzidas pelos participantes do projeto podem vir a ser utilizadas em livros, peças de teatro ou outras ferramentas de educação ambiental.

O projeto foi apresentado pela oceanógrafa Giseli Aguiar de Oliveira, da Acquaplan.

Link para os livros: https://drive.google.com/open?id=1Mng1Fd_VFClNO6GK-syNFOp69Fa4r9_P

 

Comentários

 

 

Reportagens da edição 702

Presença a bordo

08 Jul 2019 18:07 Navegação

Empresas pedem manutenção das vagas na formação para não faltar marítimos. Sindicato cobra equilíbrio entre oferta e demanda • O mercado de navegação no Brasil apresenta oferta de marítimos superior à...

Legal Seminar

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Considerado o mais importante mercado “offshore” fora do Mar do Norte, o Brasil também atraiu a atenção de armadores noruegueses em evento paralelo • A primeira apresentação deu uma visão das...

Mercado de gás

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

As oportunidades no setor de gás no Brasil também foram debatidas no evento.  A superintendente de Oléo e Gás do estado do Rio de Janeiro, Cristina Pinho, deu um quadro...

Brasil na Nor-Shipping

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Pela terceira vez o Brasil promove um seminário durante o evento • Se neste ano o clima do evento em geral já era mais leve que nas edições anteriores, no caso...

Cash Computadores

Assine Portos e Navios

Pesa

Tche Digital

Seminário de Metanol

Aapa

Abeam

Sobena

Sinaval Abratec