Novos portêineres em operação no porto de Santos

A Santos Brasil acaba de receber mais três portêineres do tipo super-post-Panamax, no Tecon de Santos. Capazes de operar dois contêineres cheios de 40 pés ou quatro cheios de 20 pés, ao mesmo tempo, são os únicos a operar com esta tecnologia, oferecendo o dobro da capacidade dos equipamentos em uso no continente americano. O investimento para a aquisição foi de US$ 60 milhões e com os novos equipamentos a expectativa é que o porto passe a operar na média de 90 movimentos por hora em 2010. Os novos guindastes se juntam aos outros três já em operação no porto desde maio e agora o terminal possui 16 portêineres em operação.

Além do ineditismo da operação simultânea de até quatro contêineres, os novos portêineres são os únicos capazes de alcançar a extremidade de grandes embarcações do tipo super-post-Panamax, que tem quase 55 metros de largura e transportam acima de sete mil TEUs. Os novos aparelhos foram construídos sob medida para a Santos Brasil, pela fabricante chinesa ZPMC. Eles têm 60 metros de altura, com lança de 55 metros de comprimento, o que permite alcançar até a 23ª fileira de contêineres disponíveis em um navio de grande porte. (da Redação)