Mudanças no mercado

Com 20 anos de Brasil, SDC enxerga grande possibilidade de privatização da atividade de dragagem
• Após comemorar 20 anos de atuação no Brasil no último dia 30 de agosto, a SDC do Brasil Serviços Marítimos, subsidiária da empresa Chinesa CCCC Shangai Dredging Co., Ltd., uma das maiores do mundo em equipamentos de dragagem, apresentou um panorama do que espera do mercado brasileiro para o futuro da empresa no país.

De acordo com o vice-diretor geral da SDC do Brasil, Ronaldo Fucci, o mercado brasileiro está caminhando para um processo de privatização da dragagem. “Tendo em vista que a dragagem sempre foi uma operação de licitação muito complexa e que tem se arrastado por muito tempo, há uma tendência de que essa atividade seja concedida à iniciativa privada. A ideia é que esta possa se responsabilizar por 25 ou 30 anos”, vislumbrou. Ele ressalta a necessidade de uma continuidade da dragagem para que não haja perdas de calado nos portos.

Restrito a assinantes