Brasmero

Morando diz que Rodoanel não será entregue no dia 27

O trecho sul do Rodoanel Mário Covas, não será entregue no próximo dia 27 como era a previsão do governador José Serra (PSDB). A obra tem ao todo 61 quilômetros, entre a Rodovia Regis Bittencourt, em São Paulo e a avenida Papa João XXIII, em Mauá. A conclusão de que a via não ficará pronta até a data prevista é do deputado estadual Orlando Morando (PSDB) que sobrevoou ontem a extensão da via. Antes de subir no helicóptero, o parlamentar avaliava que seria possível a entrega de um trecho de 52 quilômetros somente até a Anchieta, mas depois de verificar o andamento das obras, não teve dúvidas em afirmar que há 22 dias do fim do prazo, ainda há muita obra a ser realizada. Segundo ele serão necessários pelo menos, mais 50 ou 60 dias para que o trecho sul seja liberado.
Além dos pontos onde o Rodoanel ainda não está pronto, o maior problema é a duplicação da avenida Papa João XXIII, em Mauá, que ainda deve levar pelo menos mais uns 30 dias para ficar pronta. Essa obra é considerada um apoio para que o trânsito em Mauá não entre em colapso. Também é realizada pelo governo do estado, as intervenções na avenida Jacu-Pêssego, que ainda deve demorar mais uns oito meses, segundo Morando.
Antes do vôo o deputado tinha forte impressão de que ao menos parte do trecho poderia ser liberada para o tráfego, mesmo que não fosse feita uma solenidade de inauguração. "As chuvas atrapalharam demais a duplicação da avenida Papa João XXIII, então vamos estar ligando a Regis a Anchieta, que na verdade é o trecho principal, porque é o trecho que dará acesso ao porto de Santos e que vai tirar o grande fluxo de caminhões que hoje trafegam pelas marginais e pela avenida dos Bandeirantes", explicou o deputado antes de verificar a real situação dos trechos em obra. Após descer, o tucano admitiu que não vai dar tempo para a entrega.
O Rodoanel é a maior obra viária da América Latina, onde estão sendo investidos R$ 4,5 bilhões. A via será selada em quase toda a sua extensão, com poucos acessos para evitar a ocupação irregular no seu entorno. "As ocupações seriam nocivas ao meio ambiente. A via não terá novos acessos nem no futuro para evitar essa ocupações em áreas lindeiras", disse Morando.
O deputado falou da importância do Rodoanel para o governo de José Serra (PSDB) - que deve desincompatibilizar-se do cargo para concorrer à presidência. O governador tem o interesse em entregar essa obra importante. Para o governador essa obra será um marco, mas ele entrega obras todo o dia", analisa.
PEDÁGIO
O deputado garantiu que, ao menos nos primeiros dias de abertura ao tráfego os usuários não terão que pagar pedágio. "A rodovia será entregue sem pedágio. Não se sabe até quando, talvez quando se iniciarem as obras do trecho leste, possa acontecer alguma concessão".
Em resposta ao REPÓRTER, o Dersa (Desenvolvimento Rodoviário SA) mantém o prazo. “O prazo contratual é abril de 2010, com previsão de entrega em março de 2010”, sustentou em nota. (fonte: ABC repórter)

 

 

PUBLICIDADE

Portonave



Pesa

    AAPA     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios