O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro, exonerou, há poucas horas, o presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), José Alex Botelho de Oliva, e o diretor de Relações com Mercado e Comunidade. 

Os dois foram presos temporariamente no início da manhã desta quarta-feira (31) pela Polícia Federal, como parte da Operação Tritão, que investiga a suposta ação de uma organização criminal na Codesp, com a participação de funcionários da empresa e empresários do setor e que foi responsável por fraudar licitações e atos de corrupção passiva e ativa.Com a exoneração, Casimiro nomeou um novo presidente para a companhia. 

Trata-se do assessor especial do ministro, Luiz Fernando Garcia da Silva, que foi informado de seu novo cargo na manhã desta quarta-feira (31) e embarcou de Brasília para São Paulo no início da tarde. Ele deve chegar à sede da Codesp em algumas horas, a fim de ser oficializado no cargo pelo Conselho de Administração (Consad) da empresa, que está reunido desde a manhã. Economista formado na Universidade Federal do Paraná, ele já atuou como secretário de Políticas Portuárias da extinta Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP, hoje parte do organograma do Ministério).

 

Para o lugar de Cleveland Lofrano, foi nomeado o atual presidente do Consad, José Alfredo de Albuquerque e Silva. E para a presidência do conselho, foi escolhido o diretor do Departamento de Outorgas Portuárias da Secretaria de Portos do Ministério, Ogarito Linhares.

Fonte: A Tribuna

Comentários


Schottel

Assine Portos e Navios



Syndarma

ABTP

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

Abeam

Sobena

Terra Firma Abratec