Mão Santa divulga detalhes sobre a retomada das obras do porto de Luís Correia

As obras do porto de Luís Correia, no Piauí, foram retomadas obedecendo aos mais modernos requisitos de portos exigidos em qualquer lugar do mundo. A informação foi transmitida por Heitor Gil Castelo Branco, engenheiro da Staff de Construções e Dragagem, por email lido da tribuna do Plenário pelo senador Mão Santa (PMDB-PI). A conclusão desse porto é tema frequente de pronunciamentos do parlamentar.
Projetado na década de 1960 para ter profundidade de 10 metros, que era adequada para o porte dos navios da época, o porto agora passará a ter um aprofundamento de 12 metros, segundo Gil Castelo Branco. Baseado na correspondência eletrônica do engenheiro, Mão Santa informou que a estrutura que estava abandonada há 27 anos no mar passou por uma restauração devido à corrosão provocada pela água do mar.
Mão Santa elogiou o presidente da Comissão de Infraestrutura, senador Fernando Collor (PTB-AL), que concordou em realizar uma audiência pública para discutir a situação do porto de Luiz Correia, que ao longo dos anos foi destino de várias liberações de recursos financeiros que não saíram do papel para ser de fato empregados na obra. O próprio senador disse que aprovou três emendas orçamentárias para a obra que totalizaram mais de R$ 50 milhões.

Fonte: Agência Senado

PUBLICIDADE

Rimac



Pesa

    AAPA     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios