Ecobrasil 2019

Licitação para Ferrogrão deve ocorrer até início de 2020, diz ministro da Infraestrutura

O ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas anunciou retomada do transporte ferroviário com a concessão de três nova rodovias. Dentre elas, a licitação da Ferrogrão, prometida ainda para 2019 ou início de 2020.

“Vai ser a segunda revolução do agronegócio e vai um impacto enorme nos fretes”, ressaltou. 

O anúncio foi publicado em vídeo nas redes sociais neste domingo (20). A Ferrogrão (EF-170) é projetada para ligar os estados de Mato Grosso e Pará, entre Sinop e o Porto de Miritituba, em Itaituba, na margem direita do rio Tapajós.

Em março, será lançada ainda a licitação de uma linha férrea que pretende ligar o Porto Nacional (TO) a Estrela d’Oeste(SP). “Com a concessão deste segmento vamos ligar Porto de Itaqui (MA) ao Porto de Santos (SP), formando uma grande espinha dorsal ferroviária”, disse.

Segundo Tarcísio de Freitas, com essas ações, a participação do modo ferroviário na matriz de transporte deve dobrar até 2025.

Publicidade
Ecobrasil 2019

Integração do Centro-Oeste

Além da Ferrogrão, de acordo com o ministro, o governo fará uma prorrogação antecipada dos contratos de concessão, usando outorgas devidas pela prorrogação dos contratos para construir novos segmentos. 

“A primeira ferrovia que vai ser construída desta forma vai ser a Ferrovia Integrada do Centro-Oeste, que vai ligar a produção, ligando Água Boa, em Mato Grosso a Campinorte, em Goiás. Impulsionando uma área de influência que representa praticamente R$ 16 milhões de toneladas no Vale do Araguaia”, disse o ministro.

“Vamos tirar caminhões das rodovias, diminuir os custos do Brasil e dar mais eficiência no transporte de cargas”.

Fonte: O Livre

Comentários