Marintec Navalshore

Impacto pós-Brumadinho

• Desastre ambiental pode reduzir em milhões de toneladas embarques de minério da Vale

Analistas acreditam que as perdas nas exportações de minério de ferro da Vale em 2019 serão substanciais. O cenário para este ano, que já tinha previsão de queda nos preços e nos volumes exportados pelo Brasil, sofreu outro impacto após o rompimento da barragem de Brumadinho (MG), em janeiro. Um relatório da consultoria Drewry aponta que o Brasil pode perder, ao menos, 40 milhões de toneladas da commodity este ano. A expectativa é que haverá queda no número de embarques de minério em 2019, já que as taxas de frete marítimo já começaram a cair. A avaliação é que, com os movimentos observados recentemente, a perda das exportações do Brasil pode ser ainda maior.

Restrito a assinantes