Grupo MSC construirá maior terminal de cruzeiros da América do Norte

O novo terminal terá capacidade para receber, simultaneamente, três navios de última geração

A Divisão de Cruzeiros do Grupo MSC deu início, nesta quinta-feira (10), à construção do seu novo mega terminal de cruzeiros em Miami, que será o maior da América do Norte e contará com um investimento de US$ 350 milhões.

O edifício de quatro andares e quatro decks para embarque poderá receber até 36 mil passageiros por dia e contará com espaço de atracação suficiente para atender, simultaneamente, três navios de última geração.

PUBLICIDADE

Rimac


O projeto permitirá que a MSC Cruzeiros amplie sua presença no mercado norte-americano e atraia mais viajantes internacionais para férias em alto-mar pelo Caribe.

A Divisão de Cruzeiros do Grupo MSC e a construtora naval italiana Fincantieri anunciaram uma parceria, em julho de 2021, na qual a Fincantieri Infrastructure construiria a instalação de última geração, que contará com um design marcante do premiado escritório global de arquitetura Arquitectonica.

O novo terminal será capaz de acomodar os maiores e mais avançados navios da MSC Cruzeiros, incluindo o seu mais novo navio, o "MSC Seashore", e os futuros navios da classe World, movidos a gás natural liquefeito. A maioria dos navios atracados no novo terminal de Miami poderá se conectar à rede de energia local, de acordo com os planos do Porto de Miami de disponibilizar conectividade de energia em terra.

O novo terminal está previsto para ser entregue até o final de 2023.


Pesa

    AAPA     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Hidromares

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios