Seminário Cenários da Indústria naval e Offshore 2019

Grupo argentino construirá terminal de R$ 110 milhões em Porto Murtinho

O grupo Navios South American Logistics, da Argentina, requereu na quinta-feira (11) o licenciamento ambiental para instalação de um porto multimodal para grãos e líquidos em Porto Murtinho –a 431 km de Campo Grande–, em um investimento de R$ 110 milhões e com expectativa de início de operações já em dezembro de 2020. Detalhes do projeto foram apresentados em reunião com o secretário Jaime Verruck (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar de Mato Grosso do Sul).

A intenção do investimento é atender a demanda de transporte de produtos por meio do Rio Paraguai –Murtinho já abriga uma estrutura portuária concentrada na exportação de grãos. A estrutura deverá contar com quatro tanques de 15 mil metros cúbicos, permitindo importações de derivados de petróleo e o atendimento a demandas de refinarias locais e de outros insumos.

O projeto ainda prevê capacidade para 80 mil toneladas de grãos, em três silos e um armazém, sistema de carga e descarga simultâneas e posições independentes para receber até três barcaças de uma só vez. A intenção é agilizar o transbordo e reduzir a demora na movimentação de cargas e o tempo de trânsito na hidrovia Paraná-Paraguai.

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

“Estamos entusiasmados com a perspectiva de logística e negócios com esse porto”, declarou o diretor-executivo do grupo argentino, Cláudio Lopez, após a reunião com Verruck. “É uma região de potencial crescimento em infraestrutura e comércio, e acreditamos que reduzindo custos e acrescentando eficiências na cadeia de logística melhoraremos o poder da produção de Mato Grosso do Sul, além de gerar empregos”.

Grupo argentino apresentou a Verruck (ao centro) projeto de terminal portuário. (Foto: Divulgação)

Grupo argentino apresentou a Verruck (ao centro) projeto de terminal portuário. (Foto: Divulgação)

“Nova Paranaguá” – Verruck considerou que o interesse da Navios Logístics consolida o plano estratégico focado nas hidrovias, como meio de reduzir custos de transporte e aumentar a competitividade da produção local no exterior, previstos no Proeip (Programa de Estímulo à Exportação ou Importação). O investimento, destacou, ocorrerá em paralelo com “um projeto ainda maior, com a consolidação da rota bioceânica, que também passará pela mesma região”.

Os dois projetos têm Porto Murtinho como ponto de entrada e saída no Estado. No caso da rota, foi confirmado investimento próximo a US$ 75 milhões na construção de uma ponte a cerca de dez quilômetros da cidade, para a travessia a Carmelo Peralta e, de lá, rumo aos portos de Antofagasta e Iquique, no Chile. O governo paraguaio também planeja uma segunda ponte a 50 km ao sul da zona urbana, no valor de R$ 25 milhões, com ligação a Puerto Vallemy.

Com o novo investimento e a crescente nas exportações de grãos pela hidrovia, Verruck avalia que “Murtinho se tornará a nova Paranaguá de Mato Grosso do Sul, concentrando o maior volume de exportações e importações de grãos, insumos e líquidos pelo Rio Paraguai”.

Com novo porto, Murtinho aumenta seu peso como centro logístico. (Foto: Divulgação)

Com novo porto, Murtinho aumenta seu peso como centro logístico. (Foto: Divulgação)

Grupo – A Navios Logistics existe desde 1955, atendendo a necessidades de armazenamento e transporte marítimo via portos, barcaças e cabotagem costeira, com foco no sistema hidroviário ao longo do leste da América do Sul.

Atualmente, o grupo já atua no transporte de minérios em Corumbá e detém um porto em Nueva Palmira, no Uruguai, na confluência dos Rios Paraná e Uruguai –com o qual será feita conexão com Porto Murtinho e destinará os produtos à Europa e Ásia– e em San Antônio, no Paraguai.

Fonte: Campo Grande News

Comentários

 

 

Reportagens da edição 702

Presença a bordo

08 Jul 2019 18:07 Navegação

Empresas pedem manutenção das vagas na formação para não faltar marítimos. Sindicato cobra equilíbrio entre oferta e demanda • O mercado de navegação no Brasil apresenta oferta de marítimos superior à...

Legal Seminar

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Considerado o mais importante mercado “offshore” fora do Mar do Norte, o Brasil também atraiu a atenção de armadores noruegueses em evento paralelo • A primeira apresentação deu uma visão das...

Mercado de gás

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

As oportunidades no setor de gás no Brasil também foram debatidas no evento.  A superintendente de Oléo e Gás do estado do Rio de Janeiro, Cristina Pinho, deu um quadro...

Brasil na Nor-Shipping

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Pela terceira vez o Brasil promove um seminário durante o evento • Se neste ano o clima do evento em geral já era mais leve que nas edições anteriores, no caso...

Leia mais reportagens da edição impressa

Cash Computadores

Assine Portos e Navios

Consórcio Águas Azuis

Container Institute

Tche Digital

Assine Portos e Navios

Aapa

ABTP

Sobena

Fenavega Abratec