Gargalos ainda limitam portos do 'Arco Norte'

Apesar do aumento do volumes de grãos movimentados - 29,1 milhões de toneladas no ano passado, 10,8% acima do resultado de 2017 e 27,5% do total exportado pelo país, ante 16,5% há dez anos -, os portos do chamado 'Arco Norte' ainda não conseguiram cumprir totalmente a lógica de rapidez e redução de custos que justificou sua criação.

"Melhoramos muito na participação, mas ainda estamos muito longe de escoar a produção em si. No ano passado, deixamos de operar com 900 mil toneladas originadas aqui e que desceram para Santos", diz Paul Steffen, da Associação dos Terminais Portuários e Estações de Transbordo de Cargas da Bacia Amazônica. Más condições de rodovias e custos de praticagem (manobra de embarcações) até 2,3 vezes mais altos que em Santos são algumas das explicações.

Fonte: Valor

Comentários

 

 

Reportagens da edição 702

Presença a bordo

08 Jul 2019 18:07 Navegação

Empresas pedem manutenção das vagas na formação para não faltar marítimos. Sindicato cobra equilíbrio entre oferta e demanda • O mercado de navegação no Brasil apresenta oferta de marítimos superior à...

Legal Seminar

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Considerado o mais importante mercado “offshore” fora do Mar do Norte, o Brasil também atraiu a atenção de armadores noruegueses em evento paralelo • A primeira apresentação deu uma visão das...

Mercado de gás

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

As oportunidades no setor de gás no Brasil também foram debatidas no evento.  A superintendente de Oléo e Gás do estado do Rio de Janeiro, Cristina Pinho, deu um quadro...

Brasil na Nor-Shipping

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Pela terceira vez o Brasil promove um seminário durante o evento • Se neste ano o clima do evento em geral já era mais leve que nas edições anteriores, no caso...

Cash Computadores

Assine Portos e Navios

Consórcio Águas Azuis

Tche Digital

Seminário de Metanol

Aapa

Abeam

Sobena

Sinaval Abratec