Porto do Açu

FCA mantém estabilidade no transporte de insumos siderúrgicos em 2020

A Ferrovia Centro Atlântica (FCA) registrou aumento de 3,64% no fluxo de insumos setoriais, com reforço para a vocação de transporte de carga geral. Foram 7,52 milhões de toneladas em 2020, ante 7,26 milhões em 2019. O número mostra uma estabilidade na carga transportada, com aumento de 3,64%, mesmo em um ano cuja produção do setor – especialmente no primeiro semestre – foi severamente impactada pelo cenário imposto pela pandemia. São 37,73 milhões de toneladas de materiais siderúrgicos movimentados ao longo da malha nos últimos cinco anos.

Dois importantes ativos que sustentam e otimizam a logística de transporte dos insumos siderúrgicos são os terminais integradores de Santa Luzia e Ouro Preto, em Minas Gerais. O terminal situado em Santa Luzia opera como um centro avançado para a distribuição de cargas na Grande BH, interior de Minas Gerais, São Paulo e região Sul do Brasil, enquanto o terminal de Ouro Preto é responsável por possibilitar o escoamento de produtos siderúrgicos do Vale do Aço mineiro para os mercados do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Entre os insumos siderúrgicos movimentados pela FCA estão areia, calcário, cimento, clínquer, contêineres, coque, escória, ferro gusa, granito, minérios, pelota e produtos siderúrgicos como gondolas e plataformas.

Em 2020, a FCA movimentou 39,55 milhões de toneladas de produtos do agro e outros setores, ante 36,04 milhões no ano anterior, um crescimento de 9,8% no período.


Porto do Açu


Priner     Terlogs     Mampaey     AAPA
             

Tche Digital

 

 

Sinaval

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios