Bimco

Estudo para concessão do Porto do Mucuripe deve sair em 2020

Os estudos para a concessão do terminal de cargas do Porto do Mucuripe, em Fortaleza, devem ser apresentados pelo Governo Federal no primeiro semestre de 2020. A informação foi confirmada, ontem (10), pelo secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, que esteve no Ceará para a primeira reunião com a nova diretora da Companhia Docas. Ele também visitou o Porto do Pecém.

"Sem dúvida alguma (há intenção do Governo em conceder o Porto do Mucuripe). A gente está agora olhando o terminal de passageiros, mas por certo, nós temos dentro do Porto uma série de oportunidades que estão sendo estudadas na movimentação de cargas a granel. A gente, hoje, tem no radar a concessão do Porto como um todo", aponta Piloni. Na semana passada, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, afirmou, em uma rede social, que o Governo vai conceder os terminais de passageiros dos portos, começando pela Capital.

"Temos já iniciados, em parceria do Ministério, por meio da Secretaria Nacional de Portos e a administração da Companhia Docas, alguns estudos que serão apresentados no primeiro semestre do ano que vem", garante Piloni sobre estudos de concessão da área de cargas do terminal portuário.

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

Segundo ele, a nova diretoria tem uma visão de otimizar as áreas do Porto. "E explorar com uma visão de maior geração de receitas. Eu acho que teremos bons frutos com esse momento. Nós temos que discutir um pouco a movimentação de líquidos, mas o Porto tem oportunidades que vão ser exploradas com a concessão", acrescenta.

Terminal de passageiros

Piloni aproveitou a visita para conhecer o terminal de passageiros do Porto do Mucuripe, ativo que vai ser concedido até o primeiro trimestre do próximo ano. "O primeiro ponto do terminal é a própria beleza, localização e a infraestrutura disponível que nós temos hoje. A gente tem também uma exploração da atividade de eventos que já é realizada com muita competência pela Companhia Docas".

O secretário reforça que o terminal é atrativo para o setor privado. "Isso tudo faz com que a gente tenha um cenário de maior atratividade para a empresa que vai ser a vencedora do leilão. A expectativa, nesse sentido, é muito boa. O terminal, na nossa opinião, tem grande potencial de atrair interessados privados".

Pecém

Já em relação ao Porto do Pecém, a visita teve como objetivo conhecer as experiências do Porto em relação à parceria com Roterdã, segundo Piloni. "Estivemos lá para aprender um pouco de como foi a transação de compra de 30% das ações do Porto pelo Porto de Roterdã, quais foram as salvaguardas sob perspectivas do novo entrante que foram exigidas, para que houvesse essa transação, como se fez o atrativo para um novo acionista. Viemos aprender um pouco mais como é que foi essa operação", diz.

Fonte: Diário do Nordeste

Comentários

 

 

Reportagens da edição 702

Presença a bordo

08 Jul 2019 18:07 Navegação

Empresas pedem manutenção das vagas na formação para não faltar marítimos. Sindicato cobra equilíbrio entre oferta e demanda • O mercado de navegação no Brasil apresenta oferta de marítimos superior à...

Legal Seminar

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Considerado o mais importante mercado “offshore” fora do Mar do Norte, o Brasil também atraiu a atenção de armadores noruegueses em evento paralelo • A primeira apresentação deu uma visão das...

Mercado de gás

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

As oportunidades no setor de gás no Brasil também foram debatidas no evento.  A superintendente de Oléo e Gás do estado do Rio de Janeiro, Cristina Pinho, deu um quadro...

Brasil na Nor-Shipping

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Pela terceira vez o Brasil promove um seminário durante o evento • Se neste ano o clima do evento em geral já era mais leve que nas edições anteriores, no caso...

ABB

Assine Portos e Navios

Syndarma

OTC Brasil

Tche Digital

Assine Portos e Navios

Aapa

ABTP

Sobena

Sinaval Abratec