AdvertisementAGI Brasil

Dragagem do Porto de Natal começa nesta terça-feira

O diretor-presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), Emerson Fernandes Daniel Júnior, assinará, nesta terça-feira, em solenidade às 10h, no cais do Porto de Natal, a ordem de ser serviço para o início da dragagem de aprofundamento do canal do rio Potengi.
O evento contará com a participação do diretor de Planejamento Portuário da Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP), Jorge Luiz Zuma e Maia, que na oportunidade irá representar o ministro dos Portos, Pedro Brito, que se encontra na Alemanha, em missão oficial.
O governador Iberê Ferreira de Sousa e a prefeita de Natal, Micarla de Sousa, além de representantes dos setores produtivos, exportadores, importadores e autoridades marítimas, também participam.
A dragagem do rio Potengi visa ampliar a profundidade do canal de acesso ao Porto de Natal dos atuais 10m para 12,5m. A obra influencia diretamente na economia do Estado, vez que o porto poderá receber navios maiores e operar com um calado compatível com as expectativas do mercado.
Com a capacidade de mil metros cúbicos, a draga La Belle, que já se encontra no local, irá aprofundar e alargar o canal de acesso do porto potiguar. A obra está orçada em R$ 34,4 milhões com recursos liberados pela SEP, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).
Para Emerson Fernandes, a dragagem do Porto de Natal deverá ser concluída em seis meses. Ele ressalta o empenho do ministro Pedro Brito no sentido de atender ao pleito da CODERN. “Não fosse o ministro essa obra não seria possível”, destaca.
De acordo com o diretor-presidente da CODERN, a dragagem é fundamental para que o estado possa receber navios maiores e mesmo participar de uma linha de cabotagem (entre portos nacionais), com resultados satisfatórios para a economia potiguar.

Fonte: Codern.


Marintec Navalshore