Abratec

Dragagem de portos vai custar R$ 89 mi

As obras de dragagem irão ampliar a capacidade de absorção de navios de grande porte
A dragagem dos portos de Salvador e Aratu deve começar em uma semana. Esta foi a previsão feita pelo diretor de planejamento portuário da Secretaria Especial de Portos (SEP), Jorge Luiz Zuma, na sexta-feira, 18, pela manhã, logo após assinatura da ordem de serviço para o início das obras nos portos baianos.
A obra, orçada em R$ 89 milhões, faz parte do Plano Nacional de Dragagens, que investirá R$ 1,5 bilhão em recursos do PAC na dragagem de 17 portos em todo o Brasil. Na Bahia, o calado dos portos passará de 12 para 15 metros de profundidade, o que vai permitir que navios de grande porte possam atracar nestes dois locais.
“A necessidade de aprofundamento dos portos não é exclusiva da Bahia, era um problema nacional” , comentou Zuma, que representou o ministro Pedro Brito na assinatura da ordem de serviço. De acordo com ele, das obras previstas no plano, apenas uma não foi licitada e nove estão em execução.
A primeira das três dragas já deveria estar no Porto de Salvador, mas a entrega atrasou por causa do mau tempo na última semana. A previsão é que a máquina chegue à capital baiana amanhã e que os trabalhos sejam iniciados na quarta-feira, dia 23, no terminal de granéis líquidos do Porto de Aratu.
A previsão é que as duas obras estejam concluídas até o final do ano. “O projeto prevê 190 dias de obras, mas, como as máquina que estão sendo utilizadas têm maior capacidade de trabalho, o tempo de trabalho deve ser reduzido”, estimou Zuma.
Comércio exterior - O presidente da Companhia das Docas da Bahia (Codeba), José Muniz Rebouças, acredita que, com as novas obras, os portos de Salvador e de Aratu participem de forma mais integrada do comércio exterior.
Ele destaca, ainda, que os serviços de dragagem fazem parte de um amplo escopo de obras de revitalização dos portos baianos. “Há ainda o investimento de R$ 36 milhões no terminal turístico, além de obras de infraestrutura”, disse.
Leia reportagem completa na edição impressa do Jornal A Tarde deste sábado, 19, ou, se você é assinante, acesse aqui a versão digital.

Fonte:A Tarde On Line/Thais Rocha


Marintec Navalshore