Ecobrasil 2019

Doria diz que vai dar prioridade à privatização do Porto de Santos

A privatização do Porto de Santos, da hidrovia Tietê-Paraná e das estradas e aeroportos do Estado de São Paulo foram apontadas pelo governador João Doria (PSDB) como algumas das prioridades de seu mandato.

Em evento promovido pelo banco Credit Suisse, o político reiterou seu compromisso com a diminuição do papel do Estado.

"Há uma decisão do governo federal da privatização do Porto de Santos e um apoio do governo de São Paulo para ocorrer nos próximos dois anos", afirmou.

Ele ainda destacou que todos os 23 aeroportos remanescentes do Estado serão privatizados. "Isso vai permitir melhorar a interiorização de voos, com companhias aéreas fortalecidas, com mais aeronaves, melhores condições técnicas e de pessoal", disse.

Doria também falou sobre a privatização da hidrovia Tietê-Paraná que, em sua visão, "criará um modal importante para levar carga do Brasil até países como Uruguai e Argentina". Por fim, o governador falou sobre a privatização das rodovias e a renovação da concessão daquelas que já estão sob a gestão privada.

Publicidade
Ecobrasil 2019

"18 das 20 melhores rodovias estão em SP porque são da iniciativa privada. Todas as rodovias que não foram concedidas ao setor privado, serão. E as empresas que já detém direito sobre as rodovias terão seus processos renovados, portanto seus valores de mercado serão ampliados e elas terão oportunidade de fazer novos investimentos na melhoria das condições das estradas", afirmou.

MP do saneamento

Em conversa reservada com agentes do mercado, Doria falou que espera que a medida provisória (MP) 868, que altera o marco legal do setor de saneamento, seja aprovada entre 60 e 90 dias a partir de agora, apurou o Valor.

A aprovação da MP do saneamento, publicada pelo ex-presidente Michel Temer em 28 de dezembro do ano passado, é fundamental para que a estatal paulista Sabesp tenha sua privatização viabilizada.

Às 11h51, as ações da companhia subiam 5,16%, a R$ 46,06.

Fonte: Valor

Comentários