Great Ocean

Docas do Rio é classificada pela Antaq como de baixo risco infracional

Pelo bom histórico registrado em 2020, os portos públicos do Rio de Janeiro, Itaguaí, Niterói e Angra dos Reis não serão alvos de fiscalização ordinária pela agência reguladora em 2021

A Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) foi classificada pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) com o perfil de risco baixo. Ou seja, os portos da CDRJ apresentam uma baixa propensão ao cometimento de infrações. Com isso, não há fiscalizações programadas para os portos públicos do Rio de Janeiro, Itaguaí, Niterói e Angra dos Reis em 2021.

Este ano, a CDRJ teve uma melhora em sua classificação de perfil de risco infracional, em comparação ao planejamento das fiscalizações da Agência de 2020, quando então foi considerada de risco médio. O diretor de Gestão Portuária da CDRJ, Mario Povia, comemora a elevação de nível por parte da agência reguladora: “Conseguimos atingir o grau máximo de confiança fiscalizatória, coroando de êxito a boa gestão empreendida pela Docas do Rio. Diante do histórico pretérito, há que se comemorar a excelente conquista de 2020, sem nenhuma irregularidade grave apontada no relatório de fiscalização”.

Ainda segundo Mario Povia, o bom desempenho é consequência do esforço conjunto das áreas operacional, contratual, regulatória e jurídica da companhia.


TMSA






Dragabras

Allonda

Assine Portos e Navios

Priner fundo transp Terlogs
  Mampaey     Sobena

  Yanmar

 

 

  Sobena

 

Tche Digital

 

 

Catálogo da Indústria Marítima

 

Sinaval   Abratec