Marintec Navalshore

Crescimento - Mucuripe avança na movimentação em 2009

O porto do Mucuripe (CE) fechou 2009 com um pequeno aumento na movimentação em relação a 2008: 0,26%. Ao todo, 3.451.308 toneladas de mercadorias foram movimentadas pelo terminal no ano passado, a terceira maior na estatística anual da

história do porto. Os granéis líquidos puxaram o crescimento da operação, com 11% de acréscimo em relação a 2008.
Do total movimentado, os granéis sólidos — trigo e fertilizantes — participaram com 30,5%; os granéis líquidos — derivados de petróleo — com 53,4%; e a carga geral com 16%.
Entre os artigos movimentados merece destaque a importação de cimento asfáltico para atender às demandas do estado e da prefeitura em obras nas estradas e ruas da cidade. Este tipo de produto nunca fora movimentado no porto até o ano passado.
A cabotagem também cresceu. Segundo Sergio Novais, diretor-presidente da Companhia Docas do Ceará (CDC), o porto perdeu com a queda da movimentação de longo curso, especialmente contêineres, mas esta perda foi compensada com o crescimento de 13% da cabotagem e com a importação de insumos básicos, como o trigo e combustíveis.
Novais acredita que o ano merece ser comemorado não apenas pelo crescimento da movimentação, mas também pela manutenção da agenda de investimentos da Secretaria Especial de Portos (SEP), mesmo em um ano de crise.
Em 2009, o laboratório de análises fitossanitárias foi construído no porto e houve também a instalação de novas defensas. Além disso, estão sendo concluídas as reformas estruturais do cais do píer, ao passo que o Centro Vocacional Tecnológico Portuário começou a ser construído, assim como a área para cargas perigosas, que vai intensificar as ações de prevenção e controle do plano de contingência da gripe influenza.
O ano passado também foi marcado pela implantação de melhorias na atual estação de passageiros, que está sendo utilizada enquanto ainda não existe um terminal exclusivo para cruzeiros. Novais afirma que a construção de um terminal deste tipo está previsto para antes da Copa de 2014.
“A nossa meta é fortalecer áreas estratégicas do porto: sua importância comercial, a vocação turística e a relação porto/cidade. Acreditamos que, com isso, o Mucuripe vai atingir um novo patamar de crescimento e modernização”, aposta Novaes

 



Assine Portos e Navios

fundo transp Intermodal
  Thermo Solutions     Assine Portos e Navios

  Catálogo da Indústria Marítima

 

 

  Sobena

 

Tche Digital

 

 

 

Sinaval   Abratec
Publicidade

Catálogo da Indústria Marítima