Marintec Navalshore

Crescimento de 3% em Paranaguá

Os portos de Paranaguá e Antonina fecharam setembro com 35 milhões de toneladas movimentadas. O número é 3% superior ao registrado no ano passado. A carga geral foi um dos destaques, ao registrar alta de 17%, totalizando 6,6 milhões de toneladas movimentadas.  Entre os grãos, a soja já atingiu o patamar de sete milhões de toneladas exportadas, registrando alta de 8% no comparativo com o mesmo período de 2012. O milho também segue entre os destaques, totalizando 3,1 milhões de toneladas — uma alta de 7% em relação ao ano passado. Na importação, os fertilizantes totalizaram 7,1 milhões de toneladas, alta de 11% em relação a 2012.
Em outubro, juízes do Trabalho de Paranaguá conheceram a proposta que visa transformar a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) numa empresa pública. O modelo apresentado pela autarquia ainda passará pela análise do governador do Paraná, Beto Richa, e depois pela Assembleia Legislativa.
A lei 12815/2013, que regulamentou o novo marco legal dos portos, prioriza que as figuras da autoridade portuária dos portos brasileiros sejam empresas públicas ou de economia mista. “Como o nosso convênio de delegação não permite a distribuição de lucros, a melhor solução encontrada pelo estudo realizado foi de que a Appa passe a ser uma empresa pública”, explicou aos magistrados o chefe de gabinete da Appa, Sebastião Henrique de Medeiros.

ABB

Assine Portos e Navios

Consórcio Águas Azuis fundo transp Syndarma
  Envie uma pauta    

  Assine Portos e Navios

 

 

  Antaq

 

Tche Digital

 

 

Sobena

 

Sinaval   Abratec
Publicidade

Catálogo da Indústria Marítima