Conportos - 88 novos supervisores de segurança

A Comissão Nacional de Segurança nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis (Conportos) — integrada pelos ministérios da Justiça, Transportes, Fazenda, Relações Exteriores e Marinha do Brasil — formou em julho 88 novos supervisores de segurança portuária para atuar nos portos e terminais que operam no comércio exterior. Com isto, subiu para 820 o número de supervisores treinados pelo governo federal, com base em técnicas internacionais, para identificar e controlar ameaças à segurança nos portos.
Os supervisores de segurança portuária são os responsáveis pelo desenvolvimento, revisão e implementação do plano de segurança das instalações portuárias e pela ligação com os oficiais de proteção do navio e funcionários de proteção da companhia. O curso, explica o presidente em exercício da Conportos, Alexandre Arantes de Menezes, atende a uma das exigências da Organização Marítima Internacional (IMO), da qual o Brasil faz parte.
“O supervisor é peça-chave para a implementação das normas internacionais e brasileiras. Ele é também um multiplicador dos conhecimentos de proteção marítima e das diretrizes e normas estabelecidas pela Conportos”, afirma Menezes. Para conseguir o diploma, o candidato a supervisor deve ser aprovado com média sete e frequência integral às aulas.

 

    Terlogs     Antaq     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Sinaval

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios