AGI Brasil

Comitiva recebe Ministro das Cidades para inspeção das obras no Píer Mauá

O ministro das Cidades, Marcio Fortes, foi recebido, ontem, pelo secretário estadual de Transportes, Julio Lopes, para uma inspeção nas obras dos acessos ao Porto do Rio. O ponto de partida da comitiva, ainda composta pelo secretário municipal de Obras, Luiz Fernando Guaraná, e representantes das maiores empresas do setor de logística do estado, foi o Píer Mauá.
Os integrantes visitaram as obras de construção da Avenida Alternativa, localizada entre a Avenida Brasil e a Usina do Caju, que servirá para desafogar o tráfego de veículos e caminhões de caga na região. Os terminais de contêineres e carga geral do Porto do Rio, tabém foram vistoriados.
- O Rio é uma cidade portuária e tem neste setor uma das maiores atividades econômicas do estado, rendendo aos cofres estaduais cerca de R$ 1,2 bilhão em ICMS sobre a carga importada, por ano. Por isso, é de extrema importância que a operação esteja organizada. A Avenida Alternativa vai contribuir fortemente para isso, já que ela vai permitir o escoamento de carga que hoje desemboca nas ruas estreitas do bairro do Caju - disse Julio Lopes.
De acordo com o ministro das Cidades, Marcio Fortes, a intenção do Governo é definir as características das obras para que as intervenções no Porto do Rio sejam contempladas pelo Plano de Aceleração. Segundo ele, a falta de estrutura do entorno compromete a agilidade e segurança que requer o sistema de operação portuária. A provisão de conslusão das obras gira em torno de cinco a sete anos.
- Essas obras são fundamentais para descongestionar o Porto do Rio, além de promoverem a revitalização do entorno do Píer Mauá, melhorando as condições de atracação dos navios - explicou o ministro. 
Também foi vista a Avenida Portuária, um segundo acesso ao Porto, por via elevada, que vai fará o caminho da linha férrea da região.(Fonte: SRZD)

Priner     Terlogs     Mampaey     AAPA
             

Tche Digital

 

 

Sinaval

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios