Começa dragagem externa do canal do Porto de Rio Grande

Obra de aprofundamento do canal deve ser concluída em abril
A dragagem de aprofundamento do Porto do Rio Grande entrou em uma nova etapa. Começou nesta semana o trabalho na parte externa do canal do porto no sul do Estado.
A obra, com investimento de R$ 196 milhões, sendo R$ 147, 5 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e R$ 48,5 milhões do governo do Estado, aumenta a profundidade do porto gaúcho, que passará a operar com embarcações de maior porte, consolidando sua posição de concentrador de cargas no Mercosul.
Os trabalhos, executados pelo consórcio formado pelas empresas Odebrecht Serviços de Engenharia S.A. e Jan de Nul do Brasil Dragagem Ltda, iniciaram em agosto do ano passado e devem ser concluídos em abril. Conforme contrato, serão retirados do canal 17 milhões de metros cúbicos de sedimento.
A dragagem de aprofundamento começou pela parte interna do canal, do píer petroleiro a raiz dos molhes da Barra. No final de janeiro o consórcio finalizou esta etapa do trabalho. O canal passou de 14 para 16 metros de profundidade.
Agora os trabalhos entraram na parte externa do canal, fora dos molhes, onde a profundidade será ampliada para 18 metros. A draga Juan Sebastián de Elcano, avaliada em 70 milhões de euros, é responsável pelo serviço. Ela possui capacidade de cisterna para armazenar 16,5 mil metros cúbicos de sedimento e é a maior em operação na América Latina.(Fonte: ZERO HORA/Guilherme Mazui)

Priner     Terlogs     Mampaey     AAPA
             

Tche Digital

 

 

Sinaval

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios