Marintec Navalshore

Com nova estrutura, Porto Murtinho vai exportar 20% da soja de MS

Com o novo terminal portuário, que fará o primeiro embarque nesta semana, a cidade de Porto Murtinho, que fica a 440 km de Campo Grande, deverá exportar 20% da soja de Mato Grosso do Sul, a partir de 2021. A expectativa é que com dois portos, faça o embarque de 2 milhões de toneladas no ano.

De acordo com o governo, Mato Grosso do Sul irá inclusive dobrar as exportações de grãos para Argentina, via Porto Murtinho. O novo porto construído pela empresa FV Cereais, tem previsão de exportar 500 mil toneladas até o final do ano e pretende chegar a 1,5 milhão (toneladas) ano que vem.

Já o outro porto (Agência Portuária de Porto Murtinho) tem a expectativa de exportar 500 mil toneladas de soja neste ano, sendo que já fez nestes quatro meses, três embarques para Argentina. Para o secretário de Produção e Desenvolvimento, Jaime Verruck, trata-se de um eixo importante dentro da rota bioceânica.

Publicidade

Marintec Navalshore

 

“Esse foi o posicionamento que tomamos desde o início. Porto Murtinho, pela sua posição estratégica, se tornou a melhor opção de exportação de commodities, onde o produtor terá um ganho adicional de dez dólares por tonelada”, destacou o secretário.

Com investimento de R$ 90 milhões, o novo porto tem capacidade para 30 mil toneladas, já tendo a previsão de mais R$ 20 milhões para construção de um segundo armazém. Outro empreendimento que começou as atividades em março foi o Terminal de Triagem Mecari, que vai dar suporte e controle para o fluxo de cargas.  Também faz o controle da entrada dos caminhões, para organizar fila e não gerar transtornos à população no perímetro urbano.

Fonte: Campo Grande News



Assine Portos e Navios

Conapra fundo transp Intermodal
  Thermo Solutions     Assine Portos e Navios

  Catálogo da Indústria Marítima

 

 

  Anuncie PN

 

Tche Digital

 

 

 

Sinaval   Abratec