A Multiterminais, que administra os terminais MultiRio (contêineres) e MultiCar (veículos) no Rio de Janeiro, projeta crescer perto de 20% em 2019. A empresa avalia que 2018 foi um ano de recuperação em função da dragagem do Porto do Rio, homologada no final do ano passado. A condição operacional passou de 12,6 metros para 13,5m de calado, em maré mínima, e de 13m para 14,3m, em maré máxima.

Com o atual acesso aquaviário, o terminal está autorizado a receber navios com 336 metros de comprimento e 48m de boca, enquanto antes só operava navios com até 300m por 42m. O diretor-presidente da Multiterminais, Luiz Henrique Carneiro, explicou que, com o calado antigo, o terminal perdia competitividade em alguns serviços, principalmente do tráfego da Ásia. "Esperamos crescer perto de 20% em 2019", disse Carneiro. 

O executivo acrescentou que a empresa também espera em breve melhorias no acesso terrestre ao porto com início das obras de um viaduto ligando o corredor da Avenida Brasil, na zona norte da cidade, ao porto. Essa obra é de responsabilidade da Ecoponte, concessionária da Ponte Rio-Niterói e está prevista como uma das contrapartidas no contrato de concessão. 

 

 

Por Danilo Oliveira
(Da Redação)

Comentários


Schottel

Assine Portos e Navios



Syndarma

ABTP

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

Abeam

Sobena

Terra Firma Abratec