Curso H

Carta de acesso

Vale exige que navios entrem com ‘scrubbers’ desligados e VLSFO em volume suficiente em seus terminais
• A Vale vem exigindo, desde o começo do ano, que os comandantes de navios que acessam seus terminais portuários no Brasil assinem um documento garantindo chegar com os scrubbers (purificadores de gases) desligados e com combustível de baixo teor de enxofre em volume suficiente para entrar e sair das instalações. As exigências, segundo o modelo de carta à qual a Portos e Navios teve acesso, têm relação com a entrada em vigor da resolução 14 do anexo VI da Marpol (Convenção Internacional para a Prevenção da Poluição por Navios) e respeitam as leis e as regulações ambientais brasileiras. A norma da Organização Marítima Internacional (IMO) estabeleceu o teor máximo de 0,5% nos combustíveis marítimos. Os scrubbers são a alternativa aceita pela IMO 2020.

Restrito a assinantes