MSC

Carregadeira - MMX recebe segunda unidade

A MMX, mineradora do grupo EBX, recebeu, no último dia 14 de fevereiro, a segunda carregadeira de navios do Superporto Sudeste. A primeira carregadeira do terminal portuário chegou a Itaguaí, no Rio de Janeiro, no início do mês passado. Fabricados na China, os dois equipamentos viajaram 20 mil quilômetros de Xangai até o Brasil.

Com capacidade para movimentar até 12 mil toneladas de minério de ferro por hora cada, as máquinas são, segundo a companhia, as de maior porte da categoria no Brasil. Cada carregadeira mede cerca de 50 metros de altura e pesa quase duas mil toneladas.
A próxima fase são as conexões mecânica e elétrica. Os equipamentos, que vieram montados da China, são instalados sobre trilhos no píer do Superporto Sudeste e cada um deles poderá se deslocar numa distância de até 590 metros, o que permite operar nos dois berços. O minério de ferro que será embarcado no Superporto Sudeste chegará até as carregadeiras de navios por meio de um sistema de correias transportadoras, que também já estão em fase de montagem.
Após a instalação das carregadeiras e das correias transportadoras, será iniciada a fase de testes de pré-operação.

 


Porto do Açu


Priner     Terlogs     Mampaey     AAPA
             

Tche Digital

 

 

Sinaval

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios